AO VIVO gitanimator
16:45 - 17:15 Na Cozinha

O Programa Na Cozinha traz os mais diversos pratos da cultura brasileira de forma descomplicada. Apresentado por Márcia Kappes, aqui você aprender e surpreender com os melhores pratos.

14:00 - 14:45 Caldeirão do Bruxo

Para deixar suas tardes ainda mais quentes com as melhores fofocas, Caldeirão do Bruxo, contando os babados, noticiando os fatos de celebridades, políticos, e personalidades com ele, Messias Bruxo.

10:30 - 13:30 Programa do Pop

O Programa do POP é uma revista eletrônica que transmite informação com clareza e dinamismo. No Programa do POP você tem a notícia em primeira mão.

10:00 - 10:30 Treino Aberto
https://cdn.tvcidadeverde.com.br/storage/webdisco/2023/09/02/80x60/2f3695a2941b737e6fc31ac8e860889d.png

O Treino Aberto é o seu de esportes, porta voz do futebol amador, com apresentação de Everton Moreno.

08:55 - 09:00 Shopping Cidade

09:55 - 10:00 Shopping Cidade

12:55 - 13:00 Shopping Cidade

16:40 - 16:45 Shopping Cidade

17:55 - 18:00 Shopping Cidade

18:55 - 19:00 Shopping Cidade

20:25 - 20:30 Shopping Cidade

21:25 - 21:30 Shopping Cidade

02:30 - 02:35 Shopping Cidade

04:25 - 04:30 Shopping Cidade

15:45 - 16:40 Pregação

16:45 - 17:15 Na Cozinha

19:00 - 20:25 Passando A Limpo

17:30 - 17:55 Programa Estilo

20:30 - 21:25 Programa da Gente

21:30 - 22:00 Programa Estilo

22:00 - 23:00 Cidadão Consumidor

23:00 - 23:15 AutoShow

23:00 - 23:15 AutoShow

23:15 - 00:15 Estúdio Ao Vivo

00:15 - 00:45 Caldeirão do Bruxo

01:00 - 01:30 Treino Aberto

01:30 - 02:00 Caiu na Rede

02:35 - 04:25 Cidade Kids

14:30 - 15:15 Caiu na Rede

14:45 - 15:45 Nossa República

07:00 - 08:00 Bate Papo

08:30 - 10:00 Manhã com Sabor

07:00 - 08:30 Jornal da Cidade

Notícias

Qui - 20 de Junho de 2024
113.png

Política Terça-feira, 05 de Dezembro de 2023, 14:37 - A | A

Terça-feira, 05 de Dezembro de 2023, 14h:37 - A | A

DIFICULDADES ORÇAMENTÁRIAS

Prefeita decreta 50 dias de recesso em Barão de Melgaço por falta de dinheiro

Jaqueline Hatamoto

[email protected]

Jornalista e repórter do Grupo TV Cidade Verde

Margareth Gonçalves (PSDB), prefeita de Barão de Melgaço (112 km de Cuiabá), decretou recesso de 50 dias para o funcionalismo público municipal. A medida, tomada todos os anos, se deve a "dificuldades orçamentárias", segundo ela. Seria uma forma de impedir que a máquina pública deixe de atender a população. O recesso iniciou em 04 de dezembro de 2023 e segue até 15 janeiro de 2024.

A prefeita apontou a falta de repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), diminuição da cota do ICMS e a não liberação do orçamento do governo federal. Segundo Margareth, a receita da administração foi "impactada" e serão mantidos apenas os serviços essenciais, como a coleta de lixo e os atendimentos em unidades de saúde. Para equilibrar as contas, a prefeita estuda promover demissões e "quebrar" contratos.

Em entrevista concedida, a prefeita explicou que a medida é tomada porque a cidade é completamente dependente de repasses externos. Segundo Margareth, por ser a única cidade brasileira 100% no Pantanal, a cidade não pode ter indústrias ou mineração como fonte de renda, como outras cidades da Baixada Cuiabana, por exemplo. Isso prejudica o desenvolvimento local e leva a administração pública a tomar medidas como essas, que têm o objetivo de impedir que existam atrasos na folha de pagamento do município.

“Barão de Melgaço é um município que tem 12 mil quilômetros quadrados de extensão, um município de grande extensão territorial e é um município que depende só de repasses. Por quê? Porque é o único município que está 100% dentro do Pantanal”, explicou.

“Não temos indústria, nós não temos garimpo, nós não temos draga, nós não temos empresa. A única empresa é a Prefeitura”, acrescenta.

Margareth exemplifica a situação usando a educação municipal. Ela diz que recebe R$ 238 mil referentes ao Fundo Nacional da Educação (Fundeb), contudo os gastos da Prefeitura são na ordem de R$ 598 mil.

Isso se deve às particularidades enfrentadas pela região. Alunos precisam ser buscados de barcos às 4h da manhã e precisam receber o desjejum, em razão do horário em que saem de casa. A cidade ainda arca com os custos da merenda escolar e de mais uma refeição servida antes de elas voltarem para casa.

“Quando o município tem a sua receita própria, organizada, como as prefeituras do norte, como Sorriso, Campo Verde, que tem uma receita rica, ela não tem essa dependência de repasse. Ela trabalha com a sua própria receita e ela faz a sua própria administração independente”, explica.

Com a decisão, o funcionalismo será reduzido ao mínimo necessário para garantir a ordem pública. Estão previstas, ainda, escalas de revezamento entre os servidores.

A medida não atinge as secretarias de Saúde, Infraestrutura, Viação e Obras, Educação, e alguns setores da secretaria de Finanças.

A prefeita explica que um dos planos da gestão é tornar a cidade um polo de turismo de sustentabilidade no Estado, aos moldes da cidade de Bonito, em Mato Grosso do Sul. Para isso, contudo, precisa de investimentos dos governos Estadual e Federal e da bancada federal no Congresso Nacional.

“Eu não quero só depender de repasse, eu estou correndo atrás, solicitando vários projetos pra infraestruturar o município, pra ele se tornar menos dependente. Nós precisamos dar condições para o município investir num turismo de sustentabilidade, pra que os nossos filhos não vão embora para Cuiabá buscar oportunidades”, concluiu.

Comente esta notícia

institucional
facebook instagram tiktok whatsapp

Av. Archimedes Pereira Lima, 1200 - Jardim Itália, [email protected]

(65) 3612-0012