AO VIVO gitanimator
17:30 - 18:00 Programa Estilo

O Programa Estilo é um programa de variedades que traz o melhor da moda, eventos e tudo sobre a alta sociedade. O apresentador Hebert Mattos te mostra todos os detalhes, vem com a gente.

14:30 - 14:45 Caldeirão do Bruxo

Para deixar suas tardes ainda mais quentes com as melhores fofocas, Caldeirão do Bruxo, contando os babados, noticiando os fatos de celebridades, políticos, e personalidades com ele, Messias Bruxo.

10:30 - 13:30 Programa do Pop

O Programa do POP é uma revista eletrônica que transmite informação com clareza e dinamismo. No Programa do POP você tem a notícia em primeira mão.

10:00 - 10:30 Treino Aberto
https://cdn.tvcidadeverde.com.br/storage/webdisco/2023/09/02/80x60/2f3695a2941b737e6fc31ac8e860889d.png

O Treino Aberto é o seu de esportes, porta voz do futebol amador, com apresentação de Everton Moreno.

08:55 - 09:00 Shopping Cidade

19:00 - 19:30 Pesca e Aventura com Jango

09:55 - 10:00 Shopping Cidade

12:55 - 13:00 Shopping Cidade

16:40 - 16:45 Shopping Cidade

17:55 - 18:00 Shopping Cidade

18:55 - 19:00 Shopping Cidade

20:25 - 20:30 Shopping Cidade

21:25 - 21:30 Shopping Cidade

02:30 - 02:35 Shopping Cidade

04:25 - 04:30 Shopping Cidade

15:45 - 16:40 Pregação

16:45 - 17:15 Na Cozinha

19:00 - 20:25 Passando A Limpo

17:30 - 17:55 Programa Estilo

20:30 - 21:25 Programa da Gente

21:30 - 22:00 Programa Estilo

22:00 - 23:00 Cidadão Consumidor

23:00 - 23:15 AutoShow

23:00 - 23:15 AutoShow

23:15 - 00:15 Estúdio Ao Vivo

00:15 - 00:45 Caldeirão do Bruxo

01:00 - 01:30 Treino Aberto

01:30 - 02:00 Caiu na Rede

02:35 - 04:25 Cidade Kids

14:30 - 15:15 Caiu na Rede

19:30 - 20:25 Nossa República

07:00 - 08:00 Porteira do Sucesso

14:45 - 15:45 Papo Com Elas

16:45 - 17:15 Caminhos do Brasil

08:30 - 10:00 Manhã com Sabor

07:00 - 08:30 Jornal da Cidade

Notícias

Sex - 21 de Junho de 2024
113.png

Notícias Segunda-feira, 16 de Outubro de 2023, 15:34 - A | A

Segunda-feira, 16 de Outubro de 2023, 15h:34 - A | A

Menino de 6 anos é morto nos EUA em ataque antimuçulmano

Um homem nos Estados Unidos foi acusado de assassinato e crimes de ódio depois de supostamente esfaquear duas pessoas porque elas eram muçulmanas.

Joseph Czuba, de 71 anos, é acusado de matar um menino de seis anos e ferir uma mulher de 32 anos em Plainfield, no Estado de Illinois.

Eles foram alvo de violência devido ao atual conflito entre o Hamas e Israel, disse o Gabinete do Xerife do Condado de Will.

O presidente dos EUA, Joe Biden, condenou o ataque à mãe e ao filho, que eram palestinos-americanos.

"Este horrível ato de ódio não tem lugar na América e vai contra os nossos valores fundamentais: a liberdade do medo pela forma como rezamos, o que acreditamos e quem somos", disse Biden num comunicado.

"Como americanos, devemos nos unir e rejeitar a islamofobia e todas as formas de intolerância e ódio."

Czuba foi acusado de homicídio em primeiro grau, tentativa de homicídio em primeiro grau, crimes de ódio e agressão.

Em comunicado divulgado no domingo (15/10), o Gabinete do Xerife do Condado de Will disse que na manhã de sábado recebeu uma chamada de emergência da mulher que disse estar sendo atacada pelo proprietário do imóvel onde ela vivia em Plainfield, perto de Chicago.

A mulher disse que "correu para o banheiro e continuou a lutar contra o agressor".

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram a mulher e o menino com "múltiplas facadas no peito, tronco e extremidades superiores".

Ambas as vítimas foram levadas ao hospital, mas o menino morreu. Posteriormente, foi apurado que a criança foi esfaqueada 26 vezes.

"A faca usada neste ataque é uma faca serrilhada de estilo militar de 12 polegadas (31 cm) com lâmina de sete polegadas", disse o gabinete do xerife.

Médicos acreditam que a mulher, que ficou gravemente ferida, vai conseguir sobreviver ao ataque.

Czuba foi encontrado "sentado do lado de fora, no chão, perto da entrada de carros da residência", disse o comunicado.

Ele foi levado ao hospital para tratamento antes de ser interrogado por detetives.

"Os detetives conseguiram determinar que ambas as vítimas deste ataque brutal foram alvo do suspeito devido ao fato de serem muçulmanos e ao conflito em curso no Oriente Médio envolvendo o Hamas e os israelenses", acrescentou o gabinete do xerife, que não divulgou publicamente os nomes das vítimas.

Em uma coletiva de imprensa no domingo, o escritório de Chicago do Conselho de Relações Americano-Islâmicas (CAIR-Chicago), grupo de direitos civis nos EUA, nomeou o menino como Wadea al-Fayoume, e sua mãe como Hanaan Shahin.

O grupo afirmou que Wadea nasceu nos EUA, enquanto a sua mãe – originária de Beitunia, na Cisjordânia – foi para o país há 12 anos.

O diretor executivo do CAIR-Chicago, Ahmed Rehab, disse que Wadea tinha comemorado seu aniversário há apenas algumas semanas.

"Ele amava sua família, seus amigos. Amava futebol, amava basquete. E ele pagou o preço pela atmosfera de ódio, alteridade e desumanização que, francamente, penso que estamos vendo aqui nos Estados Unidos como resultado da liderança irresponsável, das declarações desequilibradas e unilaterais e da cobertura que estamos vendo na mídia, em autoridades eleitas."

"E alertamos para não recriarmos o mesmo erro que cometemos no ambiente pós 11 de setembro", disse Rehab.

Mais de 1.400 pessoas foram mortas em Israel, quando combatentes do Hamas cruzaram a fronteira da Faixa de Gaza para atacar civis e soldados.

Em Gaza, mais de 2.450 pessoas foram mortas pelos bombardeios de Israel, dizem as autoridades palestinas, e cerca de 1.000 estão desaparecidas sob os escombros.

 

Comente esta notícia

institucional
facebook instagram tiktok whatsapp

Av. Archimedes Pereira Lima, 1200 - Jardim Itália, [email protected]

(65) 3612-0012