AO VIVO gitanimator
14:30 - 14:45 Caldeirão do Bruxo

Para deixar suas tardes ainda mais quentes com as melhores fofocas, Caldeirão do Bruxo, contando os babados, noticiando os fatos de celebridades, políticos, e personalidades com ele, Messias Bruxo.

10:30 - 13:30 Programa do Pop

O Programa do POP é uma revista eletrônica que transmite informação com clareza e dinamismo. No Programa do POP você tem a notícia em primeira mão.

10:00 - 10:30 Treino Aberto
https://cdn.tvcidadeverde.com.br/storage/webdisco/2023/09/02/80x60/2f3695a2941b737e6fc31ac8e860889d.png

O Treino Aberto é o seu de esportes, porta voz do futebol amador, com apresentação de Everton Moreno.

08:55 - 09:00 Shopping Cidade

15:45 - 16:40 Pregação

17:30 - 17:55 Programa Estilo

21:30 - 22:00 Programa Estilo

22:00 - 23:00 Cidadão Consumidor

23:00 - 23:15 AutoShow

23:00 - 23:15 AutoShow

03:30 - 05:50 Cidade Kids

08:30 - 09:55 Manhã com Sabor

07:00 - 08:25 Jornal da Cidade

06:55 - 07:00 Shopping Cidade

06:00 - 06:55 Cidade Kids

08:25 - 08:30 Shopping Cidade

09:55 - 10:00 Shopping Cidade

19:00 - 20:00 Programa da Gente

18:00 - 19:00 Boa Noite Elias Neto

Notícias

Seg - 15 de Julho de 2024
113.png

Notícias Quarta-feira, 27 de Setembro de 2023, 15:07 - A | A

Quarta-feira, 27 de Setembro de 2023, 15h:07 - A | A

RECLAMAÇÕES EM TODO ESTADO

Pelo menos oito cidades Mato Grosso registram oscilação de energia

Energisa destaca que transformadores foram impactados por picos de carga e clima

Jaqueline Hatamoto

[email protected]

Jornalista e repórter do Grupo TV Cidade Verde

Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Campo Verde e Alta Floresta. Essas são as cidades que tem registrado constantemente oscilações no fornecimento de energia, no estado de Mato Grosso. A falta de estabilidade no fornecimento tem impactado diretamente em alguns serviços, como de abastecimento de água e no funcionamento de semáforos. Além e trazer muito desconforto a pessoas, que sequer conseguem gelar uma água, ou fazer uso de ar-condicionado e ventiladores.

No bairro Colinas Verdejantes, os moradores estão desde a noite de terça-feira (26), sem energia, e não conseguiram dormir a noite, devido ao calor. Alguns moradores sequer conseguiram trabalhar e estabelecimentos comerciais, relataram prejuízo.

“Não é primeira vez, todos os dias falta luz, e não tem como nem trabalhar. Eu tenho dois comércios, um é uma mercearia, onde estragaram as coisas que estavam no congelador, na borracharia eu não consigo nem colar pneu, por que nada funciona”, explicou o senhor Aristeu, em entrevista ao repórter Caio Cordeio, durante o Programa do Pop.

A falta de energia, se estende por diversos bairros de Cuiabá e Várzea Grande. Em alguns casos, os pais têm colocado os filhos para dormir dentro do carro, para poder usar o ar condicionado.

“Quando o marido está em casa, nós ficamos dentro do carro. Mas quando não está temos que nos virar, por que com a energia não dá para contar”, explicou uma dona de casa.

Em Rondonópolis a falta de energia, também afetou o funcionamento de semáforos, o que prejudicou a trafegabilidade no trânsito.

Por conta das oscilações na rede semáforos estão com falha em várias ruas e avenidas do município. O mesmo problema ocasionou a queima de bombas de poços artesianos, comprometendo o abastecimento de água em vários bairros.

Na região central da cidade, coração comercial do município, empresas estão sendo afetadas constantemente pela falta de energia, já registrando prejuízos econômicos. Algumas empresas chegaram a suspender atendimento devido a falta de energia.

Uma queda de energia, foi registra na noite de terça-feira (26), onde os moradores de Rondonópolis ficaram sem energia por aproximadamente quatro horas.

Em Campo Verde a instabilidade no fornecimento de energia, prejudicou o abastecimento de água. A cidade segue registrando estabilidade no fornecimento, até a tarde desta quarta-feira (27).

Em nota a concessionária Energisa, ressaltou que altas temperaturas tem sobre carregado o setor energético, e que uma força tarefa foi montada para atender a demanda, que refere-se principalmente a troca de transformadores.

 “Uma das frentes de trabalho da empresa é para a troca dos transformadores de distribuição, esses que ficam nos postes e atendem ruas e o parte de comunidades. Desde agosto, quando começou a onda de calor, já foram substituídos 180 equipamentos. Esse total é 74% maior do que o mesmo período no ano passado.  A principal causa para o problema é o calor.  Só no sábado, cinco das quinze maiores temperaturas registradas no Brasil, foram em Mato Grosso. Cuiabá foi líder.”, diz a nota na íntegra.

“Já está claro que em setembro e outubro de 2023 nós vamos ter novos recordes de demanda por energia. E isso está diretamente ligado às altas temperaturas. Em junho nós montamos um comitê de crise por conta do El Niño e temos alertado a sociedade sobre esse fenômeno. Aqui dentro estamos fazendo reuniões diárias de crise para mapear pontos sensíveis de abastecimento no estado’’, destacou o gerente de operações da Energisa José Nelson Quadrado Júnior.

 

 

MAIS RECLAMAÇÕES

As reclamações quanto aos serviços prestados pela Energisa, não se resumem a falta de energia.

Em Primavera do Leste, moradores relatam demora no atendimento. Pessoa chegaram a ficar por três horas aguardando o atendimento no posto de Atendimento presencial. O caso é acompanhado pelo Procon local.

 Em Nova Xavantina, os moradores da cidade, ficaram também por horas aguardando o inicio de um mutirão para renegociação de débitos, Marcado para iniciar as 08:00, ninguém da empresa havia aparecido.

Sobre essas reclamações a Energisa ainda não se manifestou.

 

 

 

Comente esta notícia

institucional
facebook instagram tiktok whatsapp

Av. Archimedes Pereira Lima, 1200 - Jardim Itália, [email protected]

(65) 3612-0012