AO VIVO gitanimator
14:30 - 14:45 Caldeirão do Bruxo

Para deixar suas tardes ainda mais quentes com as melhores fofocas, Caldeirão do Bruxo, contando os babados, noticiando os fatos de celebridades, políticos, e personalidades com ele, Messias Bruxo.

10:30 - 13:30 Programa do Pop

O Programa do POP é uma revista eletrônica que transmite informação com clareza e dinamismo. No Programa do POP você tem a notícia em primeira mão.

10:00 - 10:30 Treino Aberto
https://cdn.tvcidadeverde.com.br/storage/webdisco/2023/09/02/80x60/2f3695a2941b737e6fc31ac8e860889d.png

O Treino Aberto é o seu de esportes, porta voz do futebol amador, com apresentação de Everton Moreno.

08:55 - 09:00 Shopping Cidade

14:45 - 15:15 Pesca e Aventura com Jango

09:55 - 10:00 Shopping Cidade

12:55 - 13:00 Shopping Cidade

16:40 - 16:45 Shopping Cidade

17:55 - 18:00 Shopping Cidade

18:55 - 19:00 Shopping Cidade

20:25 - 20:30 Shopping Cidade

21:25 - 21:30 Shopping Cidade

02:30 - 02:35 Shopping Cidade

04:25 - 04:30 Shopping Cidade

16:15 - 16:40 Pregação

16:45 - 17:15 É Desse Jeito

Assista agora o programa É Desse Jeito!

19:00 - 20:25 Passando A Limpo

17:30 - 17:55 Programa Estilo

20:30 - 21:25 Programa da Gente

21:30 - 22:00 Programa Estilo

22:00 - 23:00 Cidadão Consumidor

23:00 - 23:15 AutoShow

23:00 - 23:15 AutoShow

23:15 - 00:15 Estúdio Ao Vivo

00:15 - 00:45 Caldeirão do Bruxo

01:00 - 01:30 Treino Aberto

01:30 - 02:00 Caiu na Rede

02:35 - 04:25 Cidade Kids

14:30 - 15:15 Caiu na Rede

15:15 - 16:15 Programa Variedades

08:30 - 10:00 Manhã com Sabor

07:00 - 08:30 Jornal da Cidade

Notícias

Qua - 19 de Junho de 2024
113.png

Política Sexta-feira, 15 de Setembro de 2023, 14:36 - A | A

Sexta-feira, 15 de Setembro de 2023, 14h:36 - A | A

OBRAS DO BRT

AGU aceita denúncia sobre fraude em licitação

Ainda no início de agosto, o engenheiro responsável pela obra, foi afastado

REPRODUÇÃO - G1

A Advocacia-Geral da União (AGU) aceitou, nessa quinta-feira (14), a denúncia feita pela Prefeitura de Cuiabá, no dia 10 de agosto, contra as empresas do Grupo Engevix, que supostamente fraudaram a licitação das obras do BRT em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital. No período da denúncia, o engenheiro responsável pela implementação do modal, Gustavo Garoli, foi demitido.

Garoli confirmou o afastamento, mas informou que não tem relação com a denúncia que agora tramita na AGU.

Em março de 2022, o ‘Cittamobi Desenvolvimento em Tecnologia Ltda’ foi declarada como o consórcio vencedor da licitatação para as obras, com lance final de R$ 468 milhões. Conforme a denúncia, durante o processo, houve a participação de outros dois consórcios, mas os supostos concorrentes faziam parte do mesmo grupo econômico.

O primeiro, denominado "Consórcio Mobilidade MT", era composto pelas empresas Paulitec Construções Ltda e Trail Infraestrutura Ltda, enquanto o segundo, chamado "Consórcio Construtor BRT Cuiabá", era composto pelas empresas Nova Engevix, Heleno & Fonseca Construtécnica SA e Cittamobi Desenvolvimento em Tecnologia Ltda.

O grupo tem conexão com o Consórcio ‘Mobilidade MT’ e, juntos, instituíram o "Consórcio PN Príncipe", responsável pelas obras do Portal do Príncipe, realizadas no Espírito Santo, e o Consórcio Igarapé Lajedo, responsável pelas obras no Município de Parauapebas (PA).

A reportagem entrou em contato com as empresas do consórcio e com o governo do estado, responsável pela contratação, mas não obteve retorno até a última atualização desta matéria.

No início de agosto, o engenheiro responsável pelas obras, foi desligado da Nova Engevix e do Consórcio que está a frente da obra. A prefeitura informou, por meio da denúncia, que o engenheiro foi gerente e representante da empresa Paulitec Construções de setembro de 2017 a maio de 2022, e ocupava o cargo de gerente de obras na Nova Engevix.

Além disso, o município apontou uma complexa rede de influência entre autoridades estaduais do Mato Grosso, empresas pertencentes a familiares e conexões com as empresas vencedoras da licitação para o BRT de Cuiabá.

A AGU disse que a situação deve ser examinada com cautela, pois existe a possibilidade de motivações políticas, além das informações relevantes para o caso. O órgão também solicitou à prefeitura mais provas sobre o uso de recursos federais no processo licitatório do Regime Diferenciado de Contratação. O Grupo Engevix tem um prazo para responder às alegações da Prefeitura de Cuiabá.

Comente esta notícia

institucional
facebook instagram tiktok whatsapp

Av. Archimedes Pereira Lima, 1200 - Jardim Itália, [email protected]

(65) 3612-0012