AO VIVO gitanimator
17:00 - 17:30 Na Cozinha

O Programa Na Cozinha traz os mais diversos pratos da cultura brasileira de forma descomplicada. Apresentado por Márcia Kappes, aqui você aprender e surpreender com os melhores pratos.

17:30 - 18:30 Programa Estilo

O Programa Estilo é um programa de variedades que traz o melhor da moda, eventos e tudo sobre a alta sociedade. O apresentador Hebert Mattos te mostra todos os detalhes, vem com a gente.

14:30 - 14:45 Caldeirão do Bruxo

Para deixar suas tardes ainda mais quentes com as melhores fofocas, Caldeirão do Bruxo, contando os babados, noticiando os fatos de celebridades, políticos, e personalidades com ele, Messias Bruxo.

10:30 - 12:00 Pop Show

O seu final de semana promete ficar ainda melhor com o programa Pop Show. Muito entretenimento e agitação para suas manhãs de sábado na Rede Cidade Verde de Televisão.

13:00 - 13:30 Pesca e Aventura com Jango

09:30 - 09:45 AutoShow

23:00 - 00:15 Amigos do Teodoro e Sampaio

21:00 - 22:00 Programa Perspectivas

15:00 - 15:30 É Desse Jeito

Assista agora o programa É Desse Jeito!

17:30 - 18:30 Programa Estilo

18:30 - 19:00 Caiu na Rede

16:00 - 17:00 Programa Sendy Kaufmann

19:00 - 20:00 Bate Papo

13:30 - 14:30 Porteira do Sucesso

21:00 - 22:00 Papo Com Elas

15:30 - 16:00 Caminhos do Brasil

06:00 - 07:00 Encontro Com a Espiritualidade

07:00 - 08:00 Devoção Sertaneja

08:00 - 09:00 Manhã Sertaneja

09:00 - 09:30 Exército Brasileiro

12:00 - 13:00 Programa Transportador

Notícias

Sá - 18 de Maio de 2024
113.png

Notícias Quinta-feira, 11 de Abril de 2024, 16:34 - A | A

Quinta-feira, 11 de Abril de 2024, 16h:34 - A | A

INTERNACIONAL

Igreja Católica de Portugal indenizará vítimas de abuso sexual

CNN

A Igreja Católica de Portugal disse nesta quinta-feira (11) que indenizará financeiramente as vítimas de abuso sexual infantil dentro da Igreja e que os valores a serem pagos serão definidos caso a caso, uma abordagem criticada por grupos de sobreviventes.

Os membros da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) estão reunidos desde segunda-feira (8) no Santuário de Fátima, no centro de Portugal, para discutir a indenização, entre outras questões.

Em fevereiro de 2023, um relatório de uma comissão portuguesa financiada pela Igreja concluiu que pelo menos 4.815 menores haviam sido abusados sexualmente por clérigos — a maioria padres — ao longo de sete décadas.

Os autores do relatório disseram que suas descobertas eram a “ponta do iceberg”, e o chefe da comissão, Pedro Strecht, acrescentou que mais de 100 padres suspeitos de abuso sexual de crianças continuavam ativos em funções na Igreja.

No mês seguinte, a Igreja anunciou uma série de medidas para combater o abuso sexual infantil, mas foi duramente criticada por não adotar medidas mais rígidas.

O bispo José Ornelas, presidente da CEP, disse que a assembleia da organização aprovou por unanimidade a concessão de indenização, com pedidos a serem apresentados de junho a dezembro deste ano. Vinte e uma pessoas já solicitaram indenização.

Um comitê determinará o valor a ser dado a cada vítima e um fundo recém-criado pela CEP será usado para fazer os pagamentos, disse Ornelas.

Os critérios para decidir os valores ainda estão sendo trabalhados, disse Ornelas, explicando que nenhum valor máximo foi definido e que a gravidade dos casos será levada em consideração.

António Grosso, cofundador do grupo de sobreviventes de abuso sexual da igreja Coração Silenciado, apontou o dedo para a abordagem caso a caso do CEP.

“Não sei que fita métrica eles usarão para avaliar o sofrimento das pessoas, pessoas que terão que contar suas histórias novamente para ver se merecem mais ou menos centavos”, disse ele à Reuters, argumentando que todas as vítimas deveriam receber o mesmo.

Grosso também disse que a CEP deveria ser proativa e entrar em contato com as vítimas diretamente em vez de esperar que elas solicitem a indenização.

“Ao esperar pelas solicitações, a CEP está demonstrando uma atitude passiva”, disse Grosso. “Não somos pedintes.”

Escândalos de abuso sexual abalaram a Igreja Católica em vários outros países, incluindo Estados Unidos, Irlanda e França.

Na vizinha Espanha, a Igreja disse em novembro que indenizaria as vítimas de abuso sexual mesmo em casos que não foram concluídos porque o padre agressor morreu, em uma mudança de sua posição anterior sobre o assunto.

Ornelas disse que a indenização também seria dada às vítimas portuguesas que acusam padres que já morreram.

Comente esta notícia

institucional
facebook instagram tiktok whatsapp

Av. Archimedes Pereira Lima, 1200 - Jardim Itália, [email protected]

(65) 3612-0012