AO VIVO gitanimator
16:45 - 17:15 Na Cozinha

O Programa Na Cozinha traz os mais diversos pratos da cultura brasileira de forma descomplicada. Apresentado por Márcia Kappes, aqui você aprender e surpreender com os melhores pratos.

14:30 - 14:45 Caldeirão do Bruxo

Para deixar suas tardes ainda mais quentes com as melhores fofocas, Caldeirão do Bruxo, contando os babados, noticiando os fatos de celebridades, políticos, e personalidades com ele, Messias Bruxo.

10:30 - 13:30 Programa do Pop

O Programa do POP é uma revista eletrônica que transmite informação com clareza e dinamismo. No Programa do POP você tem a notícia em primeira mão.

10:00 - 10:30 Treino Aberto
https://cdn.tvcidadeverde.com.br/storage/webdisco/2023/09/02/80x60/2f3695a2941b737e6fc31ac8e860889d.png

O Treino Aberto é o seu de esportes, porta voz do futebol amador, com apresentação de Everton Moreno.

06:00 - 06:59 Devoção Sertaneja

08:55 - 09:00 Shopping Cidade

09:55 - 10:00 Shopping Cidade

12:55 - 13:00 Shopping Cidade

16:40 - 16:45 Shopping Cidade

17:55 - 18:00 Shopping Cidade

18:55 - 19:00 Shopping Cidade

20:25 - 20:30 Shopping Cidade

21:25 - 21:30 Shopping Cidade

14:00 - 14:30 Direto de Brasília

14:45 - 15:45 Programa Perspectivas

15:45 - 16:40 Pregação

16:45 - 17:15 Na Cozinha

03:00 - 03:30 É Desse Jeito

Assista agora o programa É Desse Jeito!

19:00 - 20:25 Passando A Limpo

17:30 - 17:55 Programa Estilo

20:30 - 21:25 Programa da Gente

21:30 - 22:00 Programa Estilo

22:00 - 23:00 Cidadão Consumidor

23:00 - 23:15 AutoShow

23:00 - 23:15 AutoShow

23:15 - 00:15 Estúdio Ao Vivo

02:00 - 02:30 Caiu na Rede

03:30 - 05:50 Cidade Kids

02:30 - 03:00 Canal dos Clubes

01:30 - 02:00 Hot Garage

08:30 - 10:00 Manhã com Sabor

07:00 - 08:30 Jornal da Cidade

Notícias

Seg - 27 de Maio de 2024
113.png

Notícias Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2022, 13:36 - A | A

Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2022, 13h:36 - A | A

PROJETO DE RESSOCIALIZAÇÃO

Colônia Agrícola é a 14ª unidade a receber o Reconstruindo Sonhos

PROJETO DE RESSOCIALIZAÇÃO

MPMT

 Doze recuperandos da Colônia Penal Agrícola de Palmeiras, a 90 km de Cuiabá, começaram nesta terça-feira (29) a participar do Projeto Reconstruindo Sonhos, iniciativa coordenada pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso com a proposta de oferecer às pessoas privadas de liberdade uma nova perspectiva de futuro. O projeto conta com a parceria de várias instituições. A Colônia Penal Agrícola de Palmeiras é a 14ª unidade prisional do estado a receber o Reconstruindo Sonhos. Condenado a 21 anos de prisão por homicídio qualificado aos 54 anos de idade, Sandoval Dias Almeida é um dos integrantes da turma contemplada com a iniciativa. Ele conta que está preso desde 2016 e encontrou na poesia a força para resolver os conflitos internos e externos que passou a enfrentar quando chegou à prisão. Foi nessa época, segundo ele, ainda em Peixoto de Azevedo, que escreveu a sua primeira poesia. Os versos revelam sentimentos de tristeza e esperança: “Céu sem estrelas, noite sem luar, nem os vaga-lumes vêm me iluminar, mas o amanhã é outro dia e o sol poderá me iluminar e a montanha da vida continuarei a escalar”. Conforme o recuperando, o projeto Reconstruindo Sonhos é mais um estímulo para continuar “escalando a montanha da vida”. Ele disse que foi na prisão que conquistou o direito de frequentar a escola e de participar de diversos cursos. Desde 2019 na Colônia Penal Agrícola de Palmeiras, ele conta esperançoso que deve voltar ao convívio social em agosto do próximo ano. “Esta é mais uma oportunidade que estou tendo e acredito na força da minha superação”, afirmou. O Projeto Reconstruindo Sonhos é dividido em duas fases. A primeira é constituída por 12 encontros temáticos com as seguintes abordagens: valores, visão de homem, traumas, espiritualidade, relações interpessoais, família, comunicação, trabalho, perspectiva de futuro e planejamento. A segunda etapa consiste na oferta de cursos de qualificação profissional, com a emissão de certificado. Na Colônia Penal, a primeira etapa do projeto será aplicada pelas voluntárias Eloíze da Costa Gonçalves, que é policial penal, e Gleice Kelly Alves da Silva, líder comunitária. Os encontros ocorrerão uma vez por semana. São parceiros da iniciativa o Poder Judiciário, a Defensoria Pública, Governo do Estado, por meio da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ordem dos Advogados do Brasil Seccional MT, Fundação Nova Chance, Nova Acrópole Cuiabá, Instituto Ação Pela Paz e Conselho da Comunidade de Execução Penal de Santo Antônio de Leverger. Lançamento – Durante a abertura, o diretor da unidade prisional, Jorge Bom Despacho Marques Fontes destacou que as reflexões que serão propostas no decorrer do projeto vão ajudar os recuperandos a buscar uma nova perspectiva de vida e enfatizou a importância do papel do Ministério Público. “Eu sempre digo que o Ministério Público não é esse carrasco que parece ser. É esta instituição que, no cumprimento da pena, pega na mão do reeducando e o ajuda a seguir adiante. São projetos como este que vão manter essa colônia aberta, alimentando sonhos”, disse. O promotor de Justiça Henrique Schneider Neto, que atua no município de Santo Antônio de Leverger, ressaltou que a expectativa é de que o Projeto Reconstruindo Sonhos dê uma visibilidade a mais ao trabalho de ressocialização que é desenvolvido na Colônia Agrícola de Palmeiras. Lembrou que em todo o estado existem aproximadamente 11.200 recuperandos em meio fechado e lembrou aos participantes sobre a importância do projeto. “O universo conspirou para que vocês, em meio a essas 11.200 pessoas, pudessem participar do projeto. Vocês são pessoas privilegiadas pelo universo para estarem aqui”, enfatizou. Também participaram da mesa de abertura do evento de lançamento do projeto o secretário do Conselho da Comunidade de Execução Penal de Santo Antônio de Leverger, Clóvis Henrique, o presidente da Fundação Nova Chance, Winkler de Freitas Teles, o secretário de Estado Adjunto de Ciência, Tecnologia e Inovação, Edson Paulino de Oliveira, a superintendente de Política Penitenciária, Fabiana Benedita Ferreira de Siqueira Thiel e a subprefeita municipal de Santo Antônio de Leverger, Penha Sales. A Colônia - Localizada no município de Santo Antônio de Leverger, a Colônia Penal Agrícola de Palmeiras abriga atualmente 20 recuperandos. O diretor da unidade, Jorge Fontes, explicou que são pessoas do sexo masculino que cumpriram mais de 1/6 da pena e que possuem aptidão para trabalhar na área agrícola. Com aproximadamente 700 hectares, a Colônia Agrícola passa por um processo de revitalização. Atualmente, a unidade tem como foco principal a produção de mandioca, mas trabalha para expandir a produção com o cultivo de hortifruti, piscicultura, criação de galinha e comercialização de mel. “Estamos nos preparando para criarmos um selo social, aumentando e diversificando a produção”, adiantou o diretor. Todos os recuperandos ajudam na manutenção da unidade e cuidam da sua própria roça. Cada interno fica responsável pelo preparo de sua comida, cuidados com a casa e lavagem de roupa. Os presos não têm autorização para sair da propriedade. Os que transgridem o limite são recolhidos e mandados de volta à unidade de origem.

Comente esta notícia

institucional
facebook instagram tiktok whatsapp

Av. Archimedes Pereira Lima, 1200 - Jardim Itália, [email protected]

(65) 3612-0012